Alimentação🐶 X Alimentação🐱

Olhando rapidamente para cães e gatos se alimentando, parece que o fazem de forma muito parecida. Contudo, existem diferenças em seus hábitos alimentares, desde a forma como selecionam, pegam e mastigam sua comida até suas habilidades de detectar sabores. Outra grande e importante diferença é no tipo de nutrição que eles precisam, uma vez que são tipos diferentes de carnívoros. Nesse texto vamos explicar um pouco dessas diferenças.

Se você tem pets, sabe que os hábitos alimentares dos seus companheiros de quatro patas são muito diferentes dos nossos. Enquanto nós sentamos à mesa calmamente com nossos garfos, facas e guardanapos, na maioria dos casos, quando um focinho se aproxima de uma tigela … em poucos segundos lá se foi a comida toda sem a menor cerimônia!

É claro que este cenário não é universal e que, assim como nós, cães e gatos são indivíduos, cada um com seus hábitos e comportamentos. Mas em geral, cães e gatos saudáveis, quando apresentados a um pote de comida adequada, limpam o prato rapidamente. O que muitas pessoas não percebem é que, apesar deles se alimentarem de formas aparentemente muito similares, existem muitas grandes e pequenas diferenças entre eles.

Para começar, vamos olhar as diferenças entre como cães e gatos selecionam sua comida:

Cães

  • Comem de uma a três grandes refeições por dia
  • Cheiram, selecionam e comem rapidamente
  • Ficam com a primeira escolha quando apresentados com diversas opções

Gatos

  • Comem de duas a quinze pequenas refeições por dia
  • Cheiram, hesitam, demoram antes de comerem
  • Podem mudar de ideia diversas vezes quando apresentados com diversas opções

Em relação ao cheiro da comida, tanto cães quanto gatos têm um olfato muito aguçado e são muito mais sensíveis a cheiros do que nós:

Cães

  • 200 milhões de neurônios olfativos
  • 10% do peso cerebral total é dedicado ao olfato

Gatos

  • 67 milhões de neurônios olfativos
  • 6% do peso cerebral total é dedicado ao olfato

Respondendo a pergunta sobre o que os pets vêem quando olham sua comida, é importante lembrar que enquanto os humanos têm percepção de cores tricromática, 7 milhões de cones (que funcionam na luz e permitem a visualização de cores) e 120 milhões de bastonetes (funcionam em baixa luminosidade e permitem a visualização de preto e branco), cães e gatos tem percepção de cores bicromática, 3 milhões de cones e 200 milhões de bastonetes.

Ou seja, tanto os cães quanto os gatos têm uma capacidade mais limitada para ver cores e objetos muito próximos de seus rostos, em compensação, sua visão noturna é bem melhor do que a nossa. Com isso, é improvável que eles se importem muito com a aparência da comida.

Outra diferença é em seus paladares:

Cães

  • 1600 papilas gustativas
  • Podem detectar todos os cinco sabores: azedo, amargo, salgado, doce e umami (aquele gostinho que não é nem doce e nem salgado)

Gatos

  • 473 papilas gustativas
  • Não conseguem detectar sabores doces, apenas azedo, amargo, salgado e umami

As bocas de ambas as espécies conseguem detectar tato, pressão, frio, quente e dor.

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *