SURFE ESSA ONDA 🐶🐱🏄

Está achando que a imagem abaixo é uma montagem? Não é não! E, pra não perder a onda (perdão pelo trocadilho, impossível evitar), hoje vamos falar do SurfDog ou Dog Surfing!

O doguinho da foto se chama Bono, é brasileiro, e 5 VEZES CAMPEÃO MUNDIAL na categoria Tandem (cão e humano na prancha). Muito legal, né?

O campeonato acontece na Califórnia e a competição tem até 4 classes, divididas por peso e pelas categorias: “só cães” e “cão e humano” (onde nosso garotão carioca brilha!). Os cães surfam com a ajuda de seu humano, que seleciona a onda na qual ele vai surfar. Na categoria “só cães” (non-tandem) o primeiro, segundo e terceiro lugares são premiados em cada classe/peso levando em conta o tempo de surf, técnica, atitude do cão e tamanho da onda em baterias de 10 minutos. Os 2 melhores cães de cada categoria e classe competem pelo título de Top All-Around Surfing Championship Awards. O evento levanta fundos para ONGs de bem estar animal, surf e ambientalismo.

É claro que chegar nesse nível exige treino e dedicação mas você pode levar seu cão na praia, correr na areia, brincar na água e, no caso dos mais aventureiros, pegar umas ondinhas com o seu amigo! Nesse caso, é prudente comprar para ele um colete salva-vidas para garantir a segurança!

Aposto que ele vai amar o passeio, além de serem práticas super saudáveis.

Esse é o primeiro e-mail da série sobre esportes que podemos praticar com nossos pets que prometemos fazer inspirados pelo Dia do Atleta Profissional e nossas atletas mães de cachorros saudáveis: Fabi Alvim e Maya Gabeira. Aguardem que vem mais por aí!

E você que é dono de gato … não fique bravo com a gente … tem gato que surfa, mas não são tantos que chegue a dar para um campeonato, por isso não falamos deles. Mas, se seu felino ainda é filhote, você pode acostumá-lo a andar de coleira e aos poucos testar parques, beiras de piscina e até quem sabe uma praia calminha para ver se ele gosta. Quem sabe até ele aprende a gostar de água (sim, vários acostumam!) e vira um aventureiro ou um dos poucos surf cats do mundo?

Ajuda muito começar devagar, botando coleira em casa e usando petiscos ou algum brinquedo que ele goste (aquela varinha com penas na ponta é o mais comum) para incentivá-lo a gostar da coleira. Daí se parte para pequenos passeios em locais bem tranquilos, casa de amigos e situações que ele goste. Tudo vai depender muito do temperamento natural do seu gato, alguns adoram, uns não ligam e outros detestam. Então o legal é testar, mas sempre respeitar o temperamento do felino, afinal a experiência tem que ser legal para ele!

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *