5 Alimentos Proibidos para os Cães

Hoje vamos falar sobre o que nossos pets NÃO podem comer. Apesar de sermos todos carnívoros-onívoros, alguns alimentos que não nos fazem mal são extremamente tóxicos para os cães e gatos, e por isso proibidos na alimentação dos peludos, sabia?

1. Chocolate – Essa delícia encabeça nossa lista porque quantidades não muito grandes podem matar um cão ou gato. Em 2017 ele foi a tóxina n.1 na maioria dos Estados americanos (levantamento ASPCA). A culpa é da Teobromina, uma toxina que pode trazer sérias complicações se o pet ingerir de 100 mg a 150 mg por quilo de seu peso corporal. Nós humanos conseguimos “quebrar” e excretar a Teobromina, de modo que ela não se acumula no nosso organismo, os pets não conseguem, ela se acumula e rapidamente atinge concentrações tóxicas. Sintomas como taquicardia, excitação, distensão abdominal, espasmos musculares, vômitos, diarréia, aumento no consumo de água e da temperatura podem surgir com a ingestão de pouco mais da metade dessa quantidade.

2. Cebola – A cebola também é uma vilã devido a uma toxina chamada Tiosulfato. Cachorros que ingerem esse alimento podem desenvolver uma anemia muitas vezes fatal. O perigo é grande para o animal, independente se ela está crua, cozida ou desidratada.

3. Café – Assim como chás pretos e outras bebidas ricas em cafeína. Essas bebidas são ricas em xantinas, uma substância que pode causar sérios danos ao sistema nervoso do cachorro, prejudicando também a circulação cardíaca (que fica mais agitada). Além disso, a xantina pode prejudicar o sistema urinário do pet.

4. Xilitol – Você pode não reconhecer esse componente, mas ele está presente na maioria dos produtos diet e light. Ele é ótimo para humanos, mas nos cães é tóxico e pode levar a uma hipoglicemia drástica, que pode resultar em convulsões e atordoamento. Os sintomas mais comuns podem aparecer em 30 minutos: fraqueza, letargia, perda de coordenação, colapso e convulsões. Se o animal comer muito, a falência do fígado é um dos problemas mais sérios que podem ocorrer.


5. Abacate – Quase todas as partes de um abacateiro são tóxicas para os animais, inclusive o próprio fruto por causa de uma substância chamada Persin. Mas para se envenenar, seu cãozinho teria de comer uma generosa porção. Mas fora a toxina, o caroço pode entalar e sufocá-lo, ou se ingerido, causar um bloqueio intestinal. Não vale a pena arriscar.

Existem outros alimentos tóxicos para pets, como uvas e macadâmias, e alguns animais podem ser mais alérgicos ou mais sensíveis que outros. Então, antes de dar coisas novas para seus pets, informe-se, observe a sua reação e não exagere!

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *